Notícias

Petrobras amplia investimentos para US$ 68 bilhões no Plano 2022-2026


Petrobras amplia investimentos para US$ 68 bilhões no Plano 2022-2026 Petrobras amplia investimentos para US$ 68 bilhões no Plano 2022-2026

O Plano Estratégico da Petrobras para o quinquênio 2022-2026 (PE 2022-26), aprovado pelo Conselho de Administração da companhia na quarta (24/11), prevê investimentos de US$ 68 bilhões. O valor é 24% superior ao previsto no PE 2021-2025.

— Do valor total, US$ 57 bilhões – 83,8% – serão aplicados no segmento de E&P. Os ativos do pré-sal vão receber 67% da cifra para E&P. Está prevista a entrada em operação de 15 novas plataformas – nove afretadas e seis próprias – em seis campos.

— A meta de produção de petróleo para 2022 foi revisada para 2,1 milhões de barris de óleo por dia, considerando uma variação de 4% para mais ou para menos, principalmente em função dos impactos relacionados a Covid e dos desinvestimentos ocorridos no final de 2021. A produção de óleo e gás estimada para 2022 e 2026, respectivamente, são de 2,7 e 3,2 milhões de barris de óleo equivalente por dia.

— Foi mantida a premissa do PE 21-25 de que todos os projetos considerados apresentam viabilidade econômica em cenário de preço do petróleo de US$ 35 por barril no médio e longo prazo.

— No Refino, a Petrobras investirá US$ 6,1 bilhões nos próximos cinco anos, sendo US$ 1,5 bilhão na integração entre a Reduc e o GasLub Itaboraí, para a produção de derivados de alta qualidade e óleos básicos.

— Outro projeto relevante previsto é a conclusão da segunda unidade da Rnest – cuja venda não vingou –, com investimentos de US$ 1 bilhão, possibilitando a ampliação de sua produção de 115 mil para 260 mil barris por dia (bpd) em 2027.

— Para Comercialização e Logística, o investimento de US$ 1,8 bilhão se destina principalmente à continuidade operacional, com destaque para os investimentos obrigatórios no Terminal de Santos, arrematado recentemente pela Petrobras.

— O investimento de US$ 1 bilhão previsto para a área de Gás e Energia contempla, principalmente, conclusão da Unidade de Tratamento de Gás (UTG) Itaboraí, com previsão de entrada em operação em 2022.

— A métrica de dívida bruta presente no PE anterior foi excluída, devido ao atingimento antecipado da meta de US$ 60 bilhões no 3T21. No entanto, será considerada a manutenção da dívida bruta abaixo de US$ 65 bilhões.

— Serão investidos ainda US$ 2,8 bilhões para redução e mitigação de emissões, incluindo investimentos em eficiência operacional incorporados nos projetos para mitigação das emissões (escopos 1 e 2), bioprodutos (diesel renovável e bioquerosene de aviação) e pesquisa e desenvolvimento.

— Estão previstos investimentos na área de Transformação Digital e Inovação da ordem de US$ 1,6 bilhão, com foco na eficiência, na conformidade ambiental, na segurança das operações e nos compromissos com a sustentabilidade.

Faça bons negócios com a Petrobras.

Treinamento Gestão do Contrato com a Petrobras EAD - Exclusivo no Brasil

Excelente oportunidade para conhecer nosso treinamento EAD Gestão do Contrato com a Petrobras, e evitar prejuízos na relação contratual com a empresa.

Click aqui e saiba mais: https://lnkd.in/eKATDTc

Fonte: EP BR