Notícias

Programa de incentivo a fornecedores da Petrobras atinge R$ 5 bi em operações realizadas


O programa “Mais Valor”, lançado pela Petrobras em dezembro de 2020 para reforçar o capital de giro da cadeia fornecedora, atingiu, esta semana, R$ 5 bilhões em operações realizadas. A plataforma de soluções financeiras permite que os prestadores de bens e serviços possam antecipar o recebimento de faturas de contratos com a petroleira.

Segundo a Petrobras, mais de 33 mil faturas foram antecipadas e 1,5 mil fornecedores cadastrados no programa, desde dezembro. O objetivo é aliviar o fluxo de caixa de curto prazo dos supridores.

O “Mais Valor” é uma ferramenta digital que utiliza a plataforma de uma startup parceira, a Monkey. A Petrobras explica que o fornecedor cadastrado recebe um e-mail sempre que tem faturas disponíveis para antecipação e que as transações ocorrem por meio de um leilão reverso, vencido pela instituição financeira que fizer o lance com a menor taxa de juros.

Segundo a estatal, o mecanismo “resulta em taxas de desconto mais atrativas para os fornecedores”. O valor mínimo das faturas a serem adiantadas é de R$ 1 mil e não há valor máximo previsto. Empresas de qualquer porte podem aderir ao programa e não há qualquer limitação de nicho, desde que a empresa seja fornecedora direta da Petrobras.

Para dimensionar o tamanho da cadeia fornecedora da estatal, a petroleira fechou, no ano passado, contratos com 14,7 mil supridores, no valor total de R$ 257 bilhões – incluindo nessa conta a Transpetro e a Petrobras Biocombustível (PBIO).

A maior parte desses acordos é composta por pequenos negócios. Ao todo, 70,8% dos fornecedores da Petrobras controladora celebraram negócios de até R$ 100 mil. O percentual de supridores com negócios acima de R$ 100 milhões, com a petroleira, é de cerca de 1%.

Faça bons negócios com a Petrobras.

Treinamento Gestão do Contrato com a Petrobras EAD - Exclusivo

Excelente oportunidade para conhecer nosso treinamento EAD Gestão do Contrato com a Petrobras, e evitar prejuízos na relação contratual com a empresa.

Click aqui e saiba mais: https://lnkd.in/eKATDTc

Fonte: Valor