Notícias

Mais da metade dos empregados da Petrobras quer manter home office, diz pesquisa


Mais da metade dos empregados da Petrobras quer manter home office, diz pesquisa Mais da metade dos empregados da Petrobras quer manter home office, diz pesquisa

Funcionários da estatal começaram a retornar aos escritórios neste mês; fim do isolamento atinge, inicialmente, o alto escalão da empresa

A Federação Únicos do Petroleiros (FUP), representante de empregados da Petrobras, apresentou à empresa uma pesquisa realizada com funcionários que trabalham remotamente neste período de pandemia.

Os dados demonstram que mais da metade dos entrevistados, 54%, gostaria de permanecer trabalhando de casa, mesmo após a pandemia de Covid-19.

A pesquisa foi realizada no período de 19 de agosto a 25 de setembro de 2020 e contou com a participação de 1.242 empregados da estatal, dos quais 85% atuam na controladora, 14,7%, na Transpetro e o restante, na TBG.

Os empregados da Petrobras começaram a retornar aos escritórios neste mês. O fim do isolamento atinge, inicialmente, o alto escalão da empresa.

O retorno dos demais será gradual até outubro. De qualquer forma, independentemente da pandemia, a empresa vai manter o trabalho híbrido, no qual parte da mão de obra vai intercalar entre os trabalhos remoto e presencial.

“Os resultados da pesquisa confirmam a importância das premissas do regramento do teletrabalho que regem a pauta sobre o tema deliberada no Congresso da FUP, em 2020, e amplamente discutida com a Petrobras durante a negociação do Acordo Coletivo e nos debates travados no GT (grupo de trabalho que trata do teletrabalho)”, afirmou a federação, em nota divulgada em seu site.

A entidade disse ter questionado, durante a reunião, as regras implementadas pela Petrobras, que, segundo o sindicato, não expressam as necessidades e reivindicações dos trabalhadores.

A FUP disse ter pedido previsibilidade na duração do teletrabalho e o controle da jornada. Entre os trabalhadores que responderam o questionário, 33% apontaram dificuldades em manter um horário de referência para encerrar o expediente de trabalho. A pesquisa também revelou que 12% não conseguem manter a jornada regular devido ao excesso de demandas.

Faça bons negócios com a Petrobras.

Treinamento Gestão do Contrato com a Petrobras EAD - Exclusivo

Excelente oportunidade para conhecer nosso treinamento EAD Gestão do Contrato com a Petrobras, e evitar prejuízos na relação contratual com a empresa.

Click aqui e saiba mais: https://lnkd.in/eKATDTc

Fonte: Estadão