Notícias

Modec recebe suspensão por 13 meses em novas licitações da Petrobras


Modec recebe suspensão por 13 meses em novas licitações da Petrobras Modec recebe suspensão por 13 meses em novas licitações da Petrobras

A Petrobras apontou baixa performance nas operações de três FPSOs construídos pela armadora japonesa: Cidade do Rio de Janeiro – que até problema de rachaduras teve -, Cidade de Santos e Cidade de Niterói. Para lembrar, o FPSO Rio de Janeiro teve problemas desde o início. Em 2019, ele foi evacuado, no campo de Espadarte, na Bacia de Campos.  Foi  um desembarque de emergência de 107 profissionais que estavam embarcados.  Na época, a Petrobrás confirmou que uma trinca no casco da unidade levou ao vazamento de 1,2 m³ de óleo residual (1,2 mil litros).

A suspensão da Modec das concorrências da Petrobras não terá impactos nos atuais contratos entre as duas empresas. Atualmente, a companhia japonesa está construindo quatro navios-plataformas para a petroleira: Anita Garibaldi, Almirante Barroso, Guanabara e Carioca. Hoje (1º) mais cedo, a  Modec emitiu o seguinte comunicado sobre o assunto:

“Tóquio, 1 de abril de 2021 – MODEC, Inc. (“MODEC”) recebeu uma notificação da Petróleo Brasileiro S.A. (“Petrobras”) que sua elegibilidade para participar de nova licitação da Petrobras foi suspensa por 13 meses a partir de 31 de março de 2021. De acordo com a notificação, a principal base para essa sanção administrativa são os prejuízos à Petrobras, presumivelmente causado pelo desempenho de três (3) embarcações de Armazenamento e Descarregamento de Produção Flutuante (FPSO) sob serviços de fretamento que a MODEC forneceu no passado e / ou está fornecendo atualmente à Petrobras.

Esses FPSOs são o FPSO Cidade do Rio de Janeiro MV14, cujo contrato de afretamento expirou em 2019, e dois (2) FPSOs atualmente afretados à Petrobras, a saber, o FPSO Cidade de Niterói MV18 e o FPSO Cidade de Santos MV20, de acordo com a notificação. Não há expectativa de novos desenvolvimentos ou implicações, incluindo nas finanças do MODEC, uma vez que esta sanção administrativa não impacta a execução dos atuais contratos em vigor entre MODEC e Petrobras. A MODEC mantém o compromisso de aprimorar suas práticas, a fim de eliminar eventuais problemas em suas atividades ao abrigo dos contratos em vigor."

Faça bons negócios com a Petrobras.

Treinamento Gestão do Contrato com a Petrobras EAD - Exclusivo

Excelente oportunidade para conhecer nosso treinamento EAD Gestão do Contrato com a Petrobras, e evitar prejuízos na relação contratual com a empresa.

Click aqui e saiba mais: https://lnkd.in/eKATDTc

Fonte: Valor